EGI @ EU | EGI @ LIP | INGRID | IBERGRID | Contactos





No âmbito da Iniciativa Nacional Grid of LIP coordena a operação da infra-estrutura de computação grid Portuguesa integrada no European Grid Initiative (EGI).

O LIP é um laboratório de investigação científica que trabalha no campo da Física Experimental de Altas Energias. As actividades de investigação desenvolvidas pelo LIP enquadram-se no âmbito de projectos internacionais em colaboração com o CERN e outras organizações científicas. Para dar suporte às suas actividades de investigação o LIP desenvolveu um leque de competências em áreas tecnológicas tais como a electrónica, mecânica de precisão e computação.

O LIP é uma organização privada sem fins lucrativos tendo recebido do governo Português os estatutos de organização de interesse público e de laboratório associado. O LIP é membro do conselho de laboratórios associados (CLA). 

O que é a física de altas energias ?

A curiosidade  impulsiona os investigadores a questionarem-se sobre a natureza e composição do mundo. Esta questão básica está na origem da Física de Altas Energias que estuda as componentes elementares da matéria e as forças que a mantêm coesa.

Este estudo permite obter informação a muito pequena e muito grande escala sobre as partículas elementares e sobre o universo e sua evolução.

Qual é a relação entre o LIP e a computação grid ?

O LIP encontra-se envolvido em diversas experiências de Física de Altas Energias de entre as quais se destacam ATLAS e CMS pela sua dimensão, requisitos e complexidade.   Estas experiências estão a ser realizadas no CERN usando o acelerador de partículas Large Hadron Collider (LHC), e produzem quantidades massivas de dados digitais (aproximadamente 8 Petabytes por ano). Para processar estes dados serão necessários mais de 200.000 computadores disponibilizados por centros de investigação de todo o mundo.

A computação grid é usada para integrar os meios de processamento e armazenamento usados à escala mundial pelas experiências do LHC.As tecnologias grid desenvolvidas pela comunidade da Física de Altas Energias são genéricas e podem ser aplicadas a qualquer outro domínio científico ou tecnológico onde seja necessário o processamento de grandes quantidades de informação. Estes desenvolvimentos foram incorporados no middleware gLite.

O que é o LHC e para que serve?

O LHC (Large Hadron Collider) é o maior e mais poderoso acelerador de partículas no mundo e está situado nas instalações do CERN em Genebra na Suiça. O acelerador aloja seis experiências designadas ATLAS, CMS, LHC-B, ALICE, TOTEM e LHCf. O acelerador está instalado num túnel subterrâneo com um perímetro de 27 Km, a uma profundidade entre os 100 e 150 metros.   

O seu objectivo é colidir protões e estudar as partículas resultantes. Espera-se que permita a descoberta de novas partículas e a realização de estudos mais precisos sobre partículas já conhecidas. Estes estudos são efectuados através do uso de gigantescos detectores que medem as propriedades das partículas.

Os protões são colididos a uma energia de 14 TeV, estando também planeada a colisão de núcleos de chumbo a uma energia de 1150 TeV. Pensa-se que esta quantidade de energia corresponde à energia de criação do Universo 10-12 s após o Big-Bang.

Existem outros contributos tecnológicos da Física de Altas Energias ?

Os desenvolvimentos tecnológicos da Física de Altas Energias incluem muitas aplicações com impacto directo na vida humana. Alguns exemplos:

Qual é a participação do LIP na computação grid ?

O LIP é responsável pela operação dos meios de cálculo Portugueses que suportam as actividades de investigação relacionadas com as experiências do LHC. Estes meios de cálculo são disponibilizados por centros de recursos localizados em Lisboa e Coimbra, e encontram-se integrados na infra-estrutura grid Europeia.

O LIP, tem participado em diversos projectos relacionados com a computação grid aplicada ao cálculo científico. A participação nestes projectos permitiu ao LIP ganhar experiência e conhecimento no desenvolvimento, teste e aplicação de soluções baseadas em computação grid. Alguns exemplos:

No âmbito do projecto EGEE o LIP coordenou recursos computacionais de centros de investigação e Universidades Portuguesas integrados na infra-estrutura Europeia deste projecto. Actualmente o LIP coordena a operação da infra-estrutura da Iniciativa Nacional Grid, assegurando a sua integração no IBERGRID e no European Grid Initiative.